A GOING GREEN CRESCEU...

DEIXOU DE SER APENAS UMA LINHA, PARA SE TORNAR A

ESSÊNCIA DA SPRINT!

A Going Green nasceu em 2019 como uma linha de tecidos especiais dentro do nosso catálogo ao constatarmos que havia um grande interesse do mercado por produtos sustentáveis, e nós já tínhamos um fluxo produtivo e fornecedores comprometidos com o menor impacto possível
ao meio ambiente.

Com uma aceitação de mercado cada vez maior, conquistando cada vez mais clientes, decidimos fazer ajustes na fábrica e transformar todo nosso catálogo em Going Green.

Aumentamos a capacidade produtiva de nossa tecelagem, garantindo que todos nossos tecidos fossem produzidos internamente, sob nosso total controle; retiramos do catálogo todas as bases importadas e que usavam fibras artificiais ou sintéticas; criamos um novo catálogo com tecidos atemporais; passamos a utilizar apenas fibras certificadas, como algodão BCI e viscose de madeira reflorestada da Lenzing.

Atualmente, a Going Green é a base para todas as nossas decisões e faz parte de nossa cultura!

Através das três bandeiras de sustentabilidade que empunhamos com orgulho, você entenderá melhor como isso funciona em cada etapa do processo, e como contribuímos para uma moda cada vez mais com menor e melhor impacto ambiental.

FOLDER - GOING GREEN - 2022-01.png
BCI.png

A BCI atua para melhorar a produção mundial do algodão para aqueles que o produzem, para o meio em que é cultivado e o para futuro do setor. Seus associados são entidades que representam produtores, marcas de confecção prestigiadas, varejistas, fornecedores e outros elos da cadeia econômica do algodão, além da sociedade civil.

O processo BCI deve funcionar como cadeia, permitindo que a oferta proporcionada pelos produtores engajados seja equalizada com a demanda, que pode ser estimulada pelos agentes que atuam nos processos de beneficiamento, comercialização e transformação do algodão, promovendo o crescimento e a sustentação do mercado de Better Cotton.

Logo Lenzing.png

A Lenzing é a maior produtora de viscose do mundo, os fios produzidos por ela são feitos com fibras de madeira proveniente de reflorestamento, florestas sustentáveis.

Com uma produção de alta qualidade a Lenzing mantém rígidos padrões de fabricação através de processos produtivos tecnológicos, visando sempre um processo ecologicamente saudável, assim gerando  baixas emissões e impactos ambientais. 

Depositphotos_168015728_xl-2015.png
Logo UNIFI.png

O poliéster reciclado dá uma segunda vida a um material não-biodegradável que acabaria sendo descartado em aterros ou no oceano. 

A fibra do poliéster é obtida por meio do derretimento do material PET, diminuindo a necessidade de espaço nos aterros, reduzindo pressão sobre recursos virgens, diminuindo a demanda por extração de petróleo cru e a emissão de gases de efeito estufa.